TeamWare High Tech

TeamWare High Tech

Tudo sobre o Mundo da Tecnologia

Recent Posts

Revelações sobre Inteligência Artificial

Revelações sobre Inteligência Artificial

Inteligência artificial (muitas vezes conhecida pela abreviatura em português IA ou pela sigla em inglês AI – artificial intelligence) é a inteligência similar à humana aprensentadas por mecanismos ou programa. Também é um campo de estudo acadêmico. Os prestigiados pesquisadores e livros didáticos definem o […]

Não erre na compra do Drone

Não erre na compra do Drone

Drone é um equipamento aéreo não tripulado e controlado remotamente que pode executar muitas incumbências. Utilizados tanto em guerras quanto para entregar pizza, estes dispositivos estão cada vez mais presentes em muitos ambientes do planeta. Um modelo ótimo de drone é o Phantom Drone. É […]

Realidade Virtual vs Aumentada – Conheça todas as particularidades (de verdade!)

Realidade Virtual vs Aumentada – Conheça todas as particularidades (de verdade!)

Ainda que pertençam a um semelhante ramo da tecnologia (imersiva), Realidade Aumentada (RA) e Realidade Virtual (VR) não são a mesma coisa. É habitual elas serem tomadas como sinônimos, entretanto, cada uma tem particularidades e são precisamente estas suas características próprias que vamos ver nesse texto de forma a não deixar mais qualquer incerteza que diz respeito ao assunto.

A ideia de mesclar mundo virtual com o mundo real e proporcionar maior contato entre o homem e a máquina é igual. O que muda é de que forma isto ocorre. De um lado o cliente é capaz de sentir como se estivesse num outro local, vivendo e efetuando coisas que não são reais. Como se fosse a Matrix, porém sem as ameaças que ocorrem no filme. De outro, podemos brincar e interagir com imagens gráficas sobrepostas em nossos ambientes, obtendo a impressão de que elas na realidade fazem parte deles.

Realidade Virtual

O excepcional ponto do VR é a concepção desta experiência imersiva. É fazê-lo sentir estar em outro lugar ou vivenciando situações que, realmente, não são reais. Por exemplo, você consegue se transportar para dentro de uma representação cibernética do museu do Louvre, na cidade de Paris. A Realidade Virtual substitui integralmente a compreensão do realidade pela visão imersiva num espaço virtual e este atrativo é inteiramente ampliado na ocasião em que misturadas visão e audição (utilização dos óculos combinado com a utilização dos headphones ). realidade-virtual,

Como funciona?

Se tratando da Realidade Virtual , para que o usuário possa adentrar em um mundo virtual, em primeiro lugar são necessários dispositivos de VR. Eles estão organizados em três componentes essenciais: um Computador, um console ou um smartphone eficiente para executar o software, um instrumento de visualização que ficará preso na frente dos olhos ( é comum também utilizar headsets de forma a reprimir que haja qualquer impulso externo) e determinado modelo de aparelhagem de controle. Esses itens operam em conjunto a fim de produzir em frente aos olhos do cliente um inédito lugar. Essa ação pode iludir os sentidos de alguém, de forma que a mente crê que aquilo na realidade é real.

O item básico de todos os recursos de Realidade Virtual está na visão estereoscópica, que é a captação e simultaneidade de duas imagens de Duas Dimensões levemente diferenciadas, que o nosso cérebro acaba por interpretar com uma 3D, para se assemelhar com a forma que os nossos olhos olham o mundo. Esse papel é capaz de ser realizado por um visor LCD com duas fontes de imagem ou por 2 visores LCD (um por olho), com uma proporção de quadros de no mínimo sessenta frames por segundo.

Mais um ponto importante para a realidade virtual é o deslocamento. Com o aparelho travado na cabeça, não interessa para que local a pessoa olhe, a visão formada lhe acompanhará. Isso é possível pois os aparelhos de Realidade Virtual são equipados com utensílios chamados de IMU (unidade de medição inercial). As IMUs são desenvolvidos em três componentes fundamentais: um acelerômetro, um giroscópio e um magnetômetro, incumbido por fornecer a orientação do dispositivo comparado à Terra, similar a uma bússola 3D.

Certos dispositivos de Realidade Virtual que tencionam aprimorar o rastreamento da posição e de movimento, além das descrições dadas pela IMU, têm câmeras de rastreamento. Estes equipamentos identificam marcadores postos nos utensílios e, por meio do emprego de luz infravermelha ou refletores, são capazes de determinar com concisão a posição do aparelho de VR no local.
Os controles são inclusive componentes fundamentais para uma experiência integral com a Realidade Virtual. Estes equipamentos possibilitam que, quando manipulados, o usuário relacione-se com o universo virtual. Quanto mais perto das rotinas reais eles se aproximarem, mais fantástica será a experiência.

Suas Aplicabilidades

 

Ampliação da empatia

A realidade virtual proporciona que você tenha uma experiência de permanecer provisoriamente sem visão. O app “Notes on blindness”, acessível para Gear VR, revela como é o progresso de perda de visão.

Bailenson fala que, em suas análises em Stanford, simulações como essa se revelaram eficazes para despertar um maior sentimento de afinidade por pessoas cegas. Quem assistiu ao conteúdo em realidade virtual passou duas vezes mais tempo ajudando pessoas com essa condição do que aquelas que não possuíram esta experiência digital. Bailenson afirma ainda que a tecnologia inclusive ajudou a diminuir o preconceito.

Educação

Para a educação, a realidade virtual tem aplicabilidades mais visíveis. No ensino de biologia ou em faculdades de medicina, a tecnologia possibilita tornar menos subjetivos concepções acerca de vírus, células ou micróbios. “Estudantes poderão olhar as organelas celulares diante de seus olhos”, reiterou Bailenson.

No Brasil, a “Positivo Informática” tem o projeto denominado Na Real, que fornece às escolas vídeos em 360 graus com relação a temas como os cuidados da dengue, a fim de inteirar os alunos da questão com segurança.

Tratamento de fobias

Softwares como o Face your fears, acessível para Gear VR, possibilitam que as pessoas encarem seus maiores medos. Com auxílio especializado, Bailenson assegura que pode-se superar medos normais, como andar de avião ou temor de bichos.

Treinamento de atletas Strivr

O Strivr Labs tem um aplicativo, na atualidade, utilizado por atletas do futebol americano, hockey e beisebol para treinar jogadas ensaiadas criando repetições mentais dos movimentos.

Tratamento de dor

Firmas como a DeepStream VR e a Firsthand em conjunto com a Universidade de Washington já têm soluções a fim de aliviar a dor de pacientes em hospitais. Jogos em realidade virtual têm chance de remover o foco do que encontra-se ocorrendo nos corpos dos pacientes, como a troca de um curativo delicado. “A realidade virtual distrai tanto o cérebro que os indivíduos não pensam mais na dor”, de acordo com Bailenson, que avalia uma redução de até 70% da sensação dolorosa.

Curiosidades

 

Óculos de realidade virtual ajudam pessoas com Parkinson a andar

realidade-virtual-auxilia-pessoas-com-parkinson, No Hospital das Clínicas de São Paulo (HC-FMUSP), um agrupamento de pacientes com mal de Parkinson obteve melhorias para voltar a caminhar com agilidade e segurança graças ao uso de óculos de realidade virtual em sessões de fisioterapia. O paciente Pietro Azzolini, de 68 anos, já não se desequilibra ao andar na rua. Ele foi diagnosticado com a disfunção faz doze anos. “ Depois do tratamento, senti mais firmeza e mais segurança para caminhar ”, assegura. “O Parkinson, geralmente, não tem cura, entretanto este tipo de dispositivo, que muita gente nem tem noção que existe, pode melhorar bastante o desempenho das pessoas. ”

Conforme a fisioterapeuta Carolina Souza, do Instituto de Psiquiatria do HC-FMUSP, os óculos são principalmente eficazes para medicar um sintoma comum em pacientes com Parkinson em estágio 3 (ao todo, a doença tem cinco etapas ): o “freezing”, ou “congelamento”. O congelamento acontece quando o paciente começa a caminhar com passos cada vez menores até cessar ou desabar. Isto comumente ocorre logo no momento em que ele começa a andar, no momento em que está ante um obstáculo ou quando tem que mudar de rumo.

Carolina informa que, num grupo de dezoito pacientes graves, com enfermidade em estágio três ou quatro, que começaram a treinar com os óculos na fundação, todos sentiram uma evolução da marcha e uma diminuição das manifestações de “freezing”.

No momento em que está utilizando os óculos, o paciente enxerga um caminho quadriculado em 3D. Um sensor de deslocamento identifica a ocasião em que o paciente começa a andar e o caminho quadriculado se movimenta como uma esteira. O indivíduo também ouve ruídos que ajudam a cadenciar as passadas. Ao coordenar as passadas com o quadriculado virtual, o paciente consegue mais equilíbrio. A fisioterapeuta esclarece que o Parkinson atinge a região cerebral incumbido pela movimentação automática, como o caminhar. O que os óculos fazem é estimular que ele adote um caminho cerebral alternativo, mais consciente, para caminhar.

Realidade Virtual auxilia crianças na sala de aula

realidade-virtual-nas-escolas, Pela primeira vez, a criançada de escolas públicas estaduais em São Paulo experimentam o software de realidade virtual que após esse ano vai ser utilizado em aulas de ciências, geografia e história. Trata-se do Google Expeditions. Este é o nome do software que leva o observador para o fundo do oceano ou para qualquer outro lugar do mundo – e fora dele. No interior dos óculos de papel, existe um celular com o software de realidade virtual. Para qualquer lugar que a criança olhe, a cena a sua frente se move.

As crianças não imergem a esmo. O educador estabelece o lugar que os alunos precisam visitar. Ao utilizar um tablet, ele controla uma seta discreta na paisagem que dirige o olhar de cada aluno para as minúcias que ele quer mostrar. Na tela do professor, existem fichas com informações sobre o que a criança percebe.

Educação é um dos principais horizontes da realidade virtual. A imersão que locais virtuais suscitam pode retratar vivências e facilitar a compreensão – e a assimilação – de ideias de maneira extremamente mais eficaz do que a teoria somente. O universo acadêmico compreende disto.

Realidade Aumentada

realidade-aumentada, Ele trabalha o conceito de realidade no seu estado mais perfeito, ou seja, traz ao nosso mundo fundamentos que não são reais. Pela lente dos óculos, você vai ver projeções de objetos, planilhas e uma abundância de outros objetos com os quais pode-se interagir de diferentes formas. Por exemplo, se você estivesse visitando o Louvre na vida real, com a AR seria capaz de ver, diante os seus olhos, um mapa para ir até a Mona Lisa.
Ou seja, a Realidade Aumentada nos dá a competência de interagir com objetos gráficos sobrepostos em nosso campo de visão. Esses itens digitais passam a compor nossa visão (real + virtual), ocasionando a sensação de que estes utensílios (componentes ou até figuras digitais) pareçam fazer parte do ambiente.

De que modo opera?

Ela atua da seguinte maneira: é necessária uma webcam ou outro dispositivo que proporcione a interpretação e elaboração de um objeto virtual. Mediante a câmera, será transmitida a imagem que vai ser mesclada com a animação. Daí em diante entra em ação o software ou app inteligente capaz de interpretar o sinal transmitido pela câmera. A fotografia capturada será projetada com uma imagem em tridimensional previamente inserida no software responsável pela renderização das ilustrações. Por causa do fato de a câmera estar capturando as imagens em tempo real e misturando-as com animações, essa união causa o efeito de realidade aumentada .

Suas Funcionalidades

 

Medicina

A realidade aumentada tem sido fundamental para muitos aperfeiçoamentos na medicina. Através dela, pode-se projetar modelos do corpo humano, bem como seus órgãos e sistemas para estudos mais detalhados. Pode ser utilizada, inclusive, no decorrer dos procedimentos cirúrgicos, ajudando a equipe médica a atuar com mais segurança e êxito, minimizando, logo, chances de complicações.

Marketing

Bastante utilizada por anunciantes a fim de produzir imagens mais realísticas em três dimensões, a utilização da realidade aumentada no marketing é capaz de trazer maior credibilidade ao produto. A apresentação através de tamanho, formas, materiais e aplicações irá possibilitar ao freguês uma visão aproximada do produto real, ampliando seu interesse em comprá-lo. Ela está presente em diversos anúncios da indústria automotiva, por exemplo.

Educação

No campo educacional a realidade aumentada é utilizada a fim de incitar e motivar estudantes, proporcionando visualizações de objetos que encontram-se distantes. Possibilita recriar experimentos de forma atemporal e além da sala de aula convencional. A relação proporcionada através da realidade aumentada oferece oportunidade para que estudantes de diversas culturas e línguas troquem informações e conteúdos, ampliando seus aprendizados. A realidade aumentada na educação é capaz de ser aplicada de forma dinâmica, propiciando até mesmo a criatividade, sendo muito assertiva para o desenvolvimento de alunos e professores.

Games

Nesta área, a realidade aumentada vem sendo bastante explorada. Jogos virtuais que misturam a realidade virtual com a realidade normal são frequentes no mercado, viralizando por várias partes do planeta. Um excelente exemplo de realidade aumentada em jogos é o Pokémon GO, causando uma febre entre crianças e jovens que na realidade saíram buscando seus bichinhos virtuais por meio de seus smartphones.

Cultura

A realidade aumentada aqui possui como finalidade estender a ligação entre o utilizador e a cultura, na ocasião em que podemos acessar informações sobre obras e seus autores, além da probabilidade de inclusão nos contextos históricos, enriquecendo muito a experiência. Um bom exemplo desta interatividade realizável é vista na Alemanha. O país criou e disponibilizou um software que possibilita viajar no tempo e rever cenas históricas por intermédio de emprego de realidade aumentada. O Centro de Documentação do Muro de Berlim ocupa 200 metros do muro, onde um dispositivo de geolocalização se une a um mapa que traça onze pontos, possibilitando aos turistas o uso desta tecnologia para obter uma interação mais completa e expressiva, agregando conteúdos reais e históricos após o app.

Curiosidades

 

Game do Harry Potter em Realidade Aumentada

jogo-harry-potter-realidade-aumentada O êxito estrondoso de Pokémon GO é um exemplo do grande potencial desse recurso: o jogo bilionário elaborado pela Niantic bateu muitos recordes desde o seu lançamento, no mês de julho do ano de 2016.

Servindo-se desta mania, a Niantic está desenvolvendo um jogo mobile de realidade aumentada de outra franquia bem popular: Harry Potter. O bruxo elaborado pela escritora britânica J. K. Rowling e que ganhou 8 filmes entre 2001 e 2011 será a excepcional celebridade de Harry Potter: Wizards Unite.

Criado em parceria com a Warner Bros. Interactive e com o estúdio Portkey Games, pertinente à Warner, o jogo ainda não teve detalhes revelados, mas tem seu lançamento esperado para o ano de 2018. Obviamente, entretanto, que o objetivo do game é trazer a realidade de Harry Potter para o “mundo real” graças à realidade aumentada.

Capacete de bombeiro usa realidade aumentada para salvar vidas

bombeiros-realidade-aumentada, Bombeiros são heróis de verdade, que têm que ser ligeiros como o Flash e fortes como o Superman com o intuito de conter o vilão fogo. No momento em que o alarme soa no quartel, eles possuem pouco mais de sessenta segundos para ficarem preparados e, dentro do local que encontra-se em chamas, não têm mais do que seis minutos para adentrar, salvar as vítimas e sair.

O inconveniente é que os aparelhos utilizados atualmente em missões de resgate também são bem arcaicos e adentrar num prédio que encontra-se em chamas não é tarefa simples. Por qual razão, nesse caso, não usar os benefícios da realidade aumentada para ajudar o trabalho dos bombeiros? O designer Omer Haciomeroglu projetou o C-Thru, um capacete tecnológico que possui quatro ferramentas fundamentais para ajudar na hora do salvamento:

 

    • O visor possui um sensor termal o qual mostra as áreas de calor do local em tempo real;
    • Por ser difícil ver pela fumaça espessa, outro sensor consegue definir a forma do lugar e da mobília, possibilitando a circulação dos bombeiros;
    • O capacete traz um recurso essencial de cancelamento de ruído seletivo, que ao mesmo tempo que impede o barulho das chamas, ressalta gritos de socorro e barulhos que indiquem paredes ou tetos que possuam sido destruídos.
    • O recurso antecedente possibilita ainda a existência de um sistema de comunicação facilitada entre os bombeiros da equipe.

O C-Thru ainda encontra-se em período de testes e é utilizado no departamento de bombeiros da cidade de Umea, na Suécia. Quem sabe essa tecnologia seja capaz de facilitar o trabalho destes bravos profissionais e auxiliar a salvar muito mais vidas…

Programa possibilita enxergar estrelas e constelações de qualquer lugar do mundo

realidade-aumentada-estrelas-e-constelações, Se você faz o tipo fanático por astronomia, então decerto já se pegou olhando para o céu e tentando decifrar qual constelação era aquela na sua frente ou inclusive buscando informações acerca de uma determinada estrela. Agora, um aplicativo promete desvendar estes pequeninos enigmas e também proporciona que você enxergue as estrelas do céu mesmo que seja em dias nublados.

O Star Walk utiliza a tecnologia de realidade aumentada para exibir a localização exata das estrelas no céu, mesmo quando elas não acham-se visíveis. Basta apontar o seu tablet ou celular para um ponto no céu e o programa mostrará todas as estrelas, constelações e satélites naquela área em tempo real, agindo como um atlas estelar.

Ainda por cima, a tarefa Time Machine permite enxergar a configuração das estrelas no céu tanto no passado quanto no futuro. O app também vem com um modo noturno, que protege a visão ao passo que você percebe as estrelas, assim como um dispositivo de procura que auxilia a encontrar a posição de qualquer corpo celeste com poucos cliques.

Quem não estiver decidido a investir num app do gênero, poderá preferir pelo gratuito Star Chart/Carta Celeste. Também disponível para Android e iOS, o aplicativo conta com funcionalidades bastante semelhantes ao Star Walk e utiliza bússola, GPS, o acelerômetro e o giroscópio do aparelho para calcular o posicionamento de todos os planetas e estrelas visíveis em tempo real, revelando em que lugar elas estão no céu. No total, o software já mapeou mais de 120.000 estrelas, assim como todas as 88 constelações.

Dicas para não ter o seu celular hackeado

Dicas para não ter o seu celular hackeado

Os meios de comunicação estão cada vez mais aprimorados. Hoje em dia, nos comunicamos por intermédio de muitos apps que nos proporcionam esse contato mais aproximado, seja com nossos familiares, colegas ou no local de serviço. No entanto, faz-se necessário precavermos sobre os celulares. Você […]

Smartphone – Saiba tudo acerca dos zelos que são precisos ter

Smartphone – Saiba tudo acerca dos zelos que são precisos ter

O mundo atualmente encontra-se mais conectado, basta possuir um Smartphone em mãos para ter acesso a entretenimento sem fim e a informações quase sem limites. Mas, o grande ponto é: Será que a frequente presença do celular em nossas vidas é tão benéfica quanto aparenta? […]

Compreenda sobre o iPhone!

Compreenda sobre o iPhone!

Você é ou já foi proprietário de um iPhone ? Se sim, sabe muito bem que possuir um iPhone é uma experiência exclusiva. Penoso mesmo é ser capaz de acompanhar os aperfeiçoamentos tecnológicos que a Apple vem exibindo ao mercado. O iPhone chegou à sua 10ª geração com custos amargos e tecnologia jamais vista. No entanto, se você é um aficionado por este celular e não consegue adquirir o modelo top de linha, não se preocupe. Esse guia mostra para você informações acerca das várias gerações de iPhones. Com ele, você vai notar que ter um equipamento um tanto mais velho (e acessível) também pode ser um excelente negócio. Mas, caso você nunca teve um iPhone… se prepare para o que vai descobrir!
O iPhone divide argumentos sobre o fato de ser – ou não – o mais adequado smartphone do mundo. O renome de “mais afamado”, mas, não tem jeito de negar que pertence a ele. Apresentado por Steve Jobs em 2007 e aprimorado a cada ano, ele já acha-se em sua décima versão (X) e parece até agora causar o semelhante entusiasmo do primeiro protótipo em seus usuários. Qual é a razão de tanto marketing sobre este pequeno dispositivo e por quais razões ele alterou o conceito da telefonia móvel? Por fim, o que é esse aparelho sobre o qual todo mundo comenta?
O siginificado de smartphone (telefone inteligente) foi seguido ao pé da letra no desenvolvimento do iPhone, desde o seu primeiro exemplar. O aparelho da Apple é um celular, sim, contudo bem mais do que isto. Ele pode adentrar na Internet, tirar fotos, enviar e-mails, mensagens de texto e imagem, reproduzir músicas e vídeos, possibilitar o download de app’s, e atua como leitor de livros… É um autêntico ícone da centralização digital.
O primeiro detalhe que foi analisado quando um indivíduo olhava inicialmente para o iPhone é: “em que lugar estavam os botões”? Esta experiência sempre foi totalmente sensitiva. Com uma tela sensível ao toque dos dedos, ele sempre atuou sem a utilidade de se apertar (por pouco) nada. Há unicamente um particular botão em certos modelos, o qual opera como uma forma de tecla “retornar à tela inicial”, e fim. Assim como não é preciso nenhuma canetinha especial para escolher qual aplicativo que você quer usar: apenas toque com o dedo mesmo.
Sempre foi possível usar, ainda mesmo, mais de um dedo graças à tecnologia chamada multitouch, o que ofertava ainda determinados recursos bem úteis ao iPhone, como o “método de pinça”. Utilizando o polegar e o indicador, “estique ou puxe” a tela a fim de expandir ou reduzir o tamanho de um texto ou imagem na tela. Para escrever, não havia teclado físico, unicamente o virtual – o que incluía um dicionário multi-idiomas e corretor ortográfico automático.
A APP Store, loja de softwares formal do smartphone da Apple, já contabiliza bilhões de downloads de arquivos desde o lançamento. Os números, logo, dizem por eles. Possivelmente os apps sejam os grandes interesses para uma pessoa que encontra-se começando a ter familiaridade com o aparelho. Existem programas para as mais diversas atribuições que você consiga imaginar. São jogos, editores de imagem, mensageiros instantâneos, social medias, editores de textos, planilhas e apresentações, players de mídia, navegadores em GPS, além de aplicativos de empresas, canais de tv e rádio, jornais etc.
Alguns são pagos, outros gratuitos, porém todos de muito fácil acesso. Bastando apenas conectar-se a App Store por intermédio de seu smartphone ou então pelo pc e, após isso, fazer a transferência via USB. O caso de o iPhone criar, rodar e dividir arquivos de texto, planilhas, slides e vídeos em muitos formatos é um dos seus principais atrativos. A integração com o iTunes, serviço de obtenção de canções, filmes e livros da Apple, facilita muito. O smartphone é um autêntico combo de atividades, com tudo permanentemente nas proximidades de um toque.
Outro diferencial do dispositivo em comparação com todos os demais smartphones é o seu sistema operacional, o iOS. Produzido pela Apple exclusivamente para ele, completamente com base na interface sensível ao toque, além de utilizar e ultrapassar de recursos como o acelerômetro. Graças ao seu sucesso, o sistema começou a ser exportado para outros dispositivos da fabricante, como o iPod touch e o iPad.
A cada ano, tal como o iPhone, o iOS é atualizado e vai ficando cada vez melhor e mais confiável. Ele torna a navegação simples, clara, e simplifica a configuração do dispositivo.
Ao contrário de seu principal rival, o Android, o iOS não é um sistema operacional bastante personalizável. Ele é muito tradicional, e mantém seus padrões e propriedades sem que se possa mudar muita coisa. Apesar disso, suas propriedades técnicas são bastante interessantes. Na versão atual, por exemplo, é possível editar fotografias da câmera, bem como é possível realizar o multitasking, que possibilita utilizar muitos apps conjuntamente.
Do primeiro iPhone anunciado até o novo modelo X, muita coisa mudou. Do mais moderno a um dos primeiros modelos, veja o que o Iphone é capaz de lhe ofertar:

iPhone X

iphone-x, O Apple geração X é um Smartphone iOS com características totalmente novas que o tornam uma excelente alternativa para qualquer tipo de uso. A tela de 5. 8 polegadas põe este equipamento no topo de sua modalidade. A resolução também é alta: 2436×1125 pixel. As funcionalidades oferecidas pelo novo aparelho são inúmeras e excelentes. Começando pelo LTE 4G que permite a transferência de dados e excelente navegação na internet, além de conectividade Wireless e GPS presente no equipamento.
Há também leitor multimídia, videoconferência, e bluetooth. Cabe enfatizar a sensacional memória interna de 256 GB, no entanto sem a possibilidade de expansão. Câmera de doze megapixels. A espessura de unicamente 7. 7 mm torna o aparelho um dos telefones mais finos existentes.
O maior destaque deste Celular é, decerto, o seu novo design. Desde 2014, a Apple não anuncia um iPhone com variações significativas na aparência, mas o protótipo de 2017 chega para acabar com este hiato. O equipamento possui um corpo aproximadamente todo feito em vidro e também preserva uma moldura metálica. Fora isto, a parte frontal do smartphone é praticamente toda ocupada pelo display OLED de 5, 8” (2436×1125 e 458 ppi), cantos arredondados e um corte peculiar na parte de cima a fim de abrigar a câmera frontal e determinados sensores.

Término do botão home

Este celular ainda é o primeiro da linha a não contar com um botão home físico/capacitivo. Isto porque o display ampliou e suprimiu quase que integralmente as bordas superior e inferior. Em vez do Touch ID, agora temos o Face ID para assegurar a proteção dos utilizadores. Ele detecta informações sobre o rosto do utilizador, com uma sucessão de sensores, o que integra a câmera frontal e uma câmera infravermelha para profundidade.
Segundo a Apple, não há a possibilidade de iludir o sistema usando fotos ou mesmo máscaras criadas com as melhores tecnologias utilizadas em Hollywood. O sistema ainda usa conhecimento de máquina para que, com o transcorrer do tempo, o Face ID se adeque às mudanças no seu rosto. Ou seja, não interessa o estilo de cabelo, barba ou óculos que você tenha, não vai ser necessário recadastrar a biometria. Esta inovação ainda é utilizada para o Apple Pay.
A Apple não manifesta, porém parece que a empresa – tal como a Samsung – não teve condição de embutir o sensor de digitais diretamente na tela como era hipoteticamente planejado.
Além do mais, a Apple teve que personalizar o iOS 11 principalmente para este dispositivo. Para regressar à tela inicial do dispositivo, por exemplo, é necessário fazer um gesto no display de baixo para cima. A fim de fazer multitarefa, você para o deslocamento no meio do caminho.
O X é um dos primeiros equipamentos da marca a contar com carregamento sem fio. Estima-se que foi por isso que a fabricante decidiu voltar para o vidro na tampa traseira, pois os padrões mais tradicionais de carregamento wireless não trabalham através de ligas metálicas.

Câmeras

O celular da geração X ainda conta com diversos recursos inéditos de câmera muito promissores, contudo somente conseguiremos dizer se o novo equipamento tem poder para competir com Galaxy Note 8 e Google Pixel quando as primeiras amostras de captura de imagem começarem a aparecer na web.
De qualquer modo, o smartphone tem um sistema duplo de câmeras, cada um com 12 MP (f/1. oito + f/2. 4) e as duas com estabilização óptica. No novo iPhone, contudo, elas são usadas para fins diversas. Existem diversas alternativas de efeitos de iluminação, e eles são capazes de ser aplicados em tempo real, à medida que você enquadra as imagens. A Apple associa estes recursos com condições de luminosidade profissionais.
Na realidade, são efeitos consideráveis, especialmente aquele que escurece inteiramente o entorno do usuário, deixando só seu rosto em relevância. É relevante notar, também, que boa parte desses efeitos estarão disponíveis para a câmera de selfies ainda, que será auxiliada pelo sensor infravermelho que detecta profundidade.
É possível fazer vídeo em 4K e executar esse conteúdo na tela HDR do aparelho, que ainda possui som estéreo aprimorado comparando com a edição anterior do Smartphone.

Realidade expandida

Outro fator essencial do novo modelo é o iOS 11 com suas aptidões para realidade expandida. A Apple lançou no meio deste ano o ARKit, uma plataforma básica para desenvolvedores fabricarem softwares nesse dispositivo e, já no lançamento, é possível utilizar uma sequência de recursos significativos.

iPhone 8

iphone-8, O caso de a Apple ter apresentado tanto os iPhones 8 e 8 Plus quanto o X no mesmo dia fez muita gente determinar precocemente que os modelos mais básicos já tinham nascido mortos. Contudo, basta pararmos para considerar os custos de cada edição aqui no Brasil para ficar complicado não hesitar e pensar se não vale mais a pena adquirir um dos celulares mais baratos mesmo. O Iphone 8 é todo desenvolvido de vidro, o que possibilita a tecnologia de recarga de bateria sem fios. E acompanha um novo sensor na câmera traseira, que segue de 12 Megapixels. Porém agora pode capturar 83% mais luz, de acordo com a Apple. O iPhone 8 também é otimizado de fábrica para trabalhar com realidade aumentada.

 

    • Display: Retina ALTA DEFINIÇÃO de 4, 7 e 5, 5 polegadas, respectivamente, com tecnologia True Tone, que ajusta o balanço de colorações segundo a iluminação do lugar

 

    • Câmera traseira: doze Megapixels, com sensor capaz de capturar oitenta e três por cento mais luz e novo recurso de câmera lenta a 240 quadros por segundo

 

    • Processador: A11 Bionic de 6 núcleos, 2 de aproveitamento 25% mais rápidos e 4 de eficácia setenta por cento mais rápidos

 

    • Cores: “space gray” (cinza), “silver” (prata) e “gold” (dourada)

 

    • Alternativas de armazenagem interna: 64 GB e 256 GB

 

 

8 Plus

O iPhone 8 Plus teve lançamento mundial realizado pela Apple junto com o iPhone 8 e o iPhone X. Na propaganda, a fabricante apresentou um smartphone com especificações que fizeram sucesso no iPhone 7 Plus, como a câmera dupla de 12 megapixels e a tela de 5, 5 polegadas. Além de tudo, o design vai ter cantos arredondados, alterado só pela inserção do revestimento de vidro na parte de trás.
O smartphone funciona com iOS 11 e encontra-se disponível em versões com 64 GB e 256 GB de armazenagem. Apresenta a mesma tecnologia do Iphone 8.

iPhone 7

iphone-7, Esse aparelho foi anunciado com ficha técnica forte e novidades no design, o smartphone é um dos mais ambicionados pelos brasileiros, sejam antigos fãs da marca ou principiantes no universo da maçã. No Brasil, é possível achar a edição mais básica, com tela de 4, 7 polegadas, e o modelo 7 Plus, com display de 5, 5 polegadas.
Esse Celular é o que conta com a tela menor, com quatro, 7 polegadas e resolução Retina HIGH DEFINITION. Em números, temos 1334 x 750 pixels, contabilizando uma densidade de 326 pixels por polegada. Vale lembrar que esta medida refere-se a quantidade de pontos luminosos em cada polegada. Quanto mais, melhor. Ao mesmo tempo, especialistas asseguram que telas com ppi superior a 300 já possuem excelente qualidade.
O painel usado é um LCD IPS retroiluminado por LED. Na prática, temos um display com colorações mais próximas à realidade, com um amplo campo de visão – ou melhor, o usuário consegue enxergar satisfatoriamente as imagens em inúmeros ângulos.
O iPhone 7 e o 7 Plus possuem as mesmas alternativas de capacidade de armazenagem: 32 GB, 128 GB e 256 GB. A Apple resolveu descartar os modelos com 16 GB e 64 GB. Contudo, o usuário deverá levar em conta que o próprio sistema operacional ainda ocupa uma fatia deste espaço.
O iOS 10 ocupa, em média, de 4 GB a 5 GB. Dessa forma, um iPhone 7 de 32 GB poderia ter “somente” 28 GB livres para o usuário armazenar o que ele quiser. Vale recordar que iPhones não têm memória expansível via cartão microSD.
Um detalhe interessante: este aparelho disponível na coloração preto brilhante (intitulado de Jet Black) é comercializado com memória interna de 128 GB ou 256 GB. Sim, foi uma forma que a Apple conseguiu de obter mais grana dos compradores interessados no novo acabamento do smartphone.
Outro ponto primordial: existem na internet muitos relatos de clientes – até mesmo em território brasileiro – cujos iPhones novos passaram a descascar com o decorrer do tempo. A própria Apple já advertiu que a pintura é capaz de passar por uma degradação. É algo para ficar de olho.
A Apple não diz a amperagem da bateria, no entanto sites qualificados já fizeram o cálculo. Mas esse celular possui capacidade de 1. 960 mAh. Dependendo da fabricante, o resultado é uma independência de até 120 minutos a mais, se igualado com o iPhone 6S.
A Apple fornece 5 opções de colorações para os consumidores dos iPhones 7 e 7 Plus. São elas: ouro rosa, dourado, prateado, matte e Jet Black. A diferença entre ambos matizes de escuro é que o primeiro é mais turvo, ao passo que o outro é brilhante (e por essa razão mesmo, fica repleto de marcas de dedo).

7 Plus

O iPhone 7 Plus possui tela de 5, 5 polegadas. A resolução ainda amplia, chegando a Full HD (1920 x 1080 pixels), totalizando 401 ppi. O painel utilizado também é um LCD IPS retroiluminado por LED. Além de tudo, ambos contam com revestimento firme a marcas de dedo e oleosidade. Em comparação com o seu principal concorrente, o Galaxy S7, observamos que a tela do iPhone 7 Plus é maior, no entanto com menor resolução. O S7 tem tela de 5, 1 polegadas com resolução de 2560 x 1440 pixes, totalizando uma densidade de 577 ppi. A partir destas informações, o S7 deve entregar imagens mais definidas.
A câmera de trás desse aparelho conta com sensor com doze megapixels de resolução, assim como o iPhone 7 Plus. A disparidade é que a versão com tela maior conta com câmera traseira dupla, uma com lente grande-angular e abertura de lente f/1. 8, e a outra com lente teleobjetiva com abertura f/2. 8. Isso proporciona que o modelo Plus tenha um zoom óptico de 2x e um zoom digital de 10x, bem maior do que a grande parte dos celulares possibilita.
Esse aparelho, por seu turno, possui uma bateria de 2. 900 mAh, o que denota 60m a mais de autonomia em relação ao iPhone 6S Plus. Conforme a Apple, o celular suporta até TREZE horas de uso da rede móvel (3G/4G), 14 horas de reprodução de vídeos e sessenta horas de reprodução de músicas.

IPhone SE

iphone-SE, O iPhone SE é um dispositivo que retorna às origens ao exibir uma tela de tamanho reduzido – só 4 polegadas – em contrapartida com o apresentado pelos modelos anteriores que tinham – 4, 7 polegadas e 5, 5 polegadas.
Este smartphone veio para aposentar definitivamente o iPhone 5c, um equipamento que não fez o êxito que a empresa realmente almejava. Além de tudo, este equipamento inclusive chegou para saciar ao apelo daqueles que queriam um modelo com tela reduzida.

Qualificações técnicas do modelo SE

 

 

    • Sistema operacional: iOS 9. 3

 

    • Tamanho da tela: quatro polegadas

 

    • Resolução da tela: 1136×640 pixels

 

    • Densidade de pixels: 326 ppi

 

    • Chipset: Apple A9

 

    • CPU: Dual-core de 1, 84 GHz

 

    • GPU: PowerVR GT7600

 

    • Memória RAM: 2 GB

 

    • Armazenamento interno: 16 GB ou 64 GB

 

    • Câmera traseira: 12 MP

 

    • Câmera frontal: 1, 2 MP

 

    • Bateria: 1. 642 mAh

 

    • Sensores: sensor de impressões digitais, acelerômetro, giroscópio, proximidade e compasso

 

    • Conectividade: WiFi 802. 11 a/b/g/n/ac, hotspot, Bluetooth 4. 2, GPS (A-GPS e GLONASS) e NFC (para o Apple Pay)

 

    • Estatura: 123, 8 mm

 

    • Largura: 58, 6 mm

 

    • Espessura: 7, 6 mm

 

    • Peso: 113 gramas

 

 

iPhone 6

iphone-6, A 8ª geração do iPhone foi a primeira a contar com 2 modelos com muitos tamanhos de tela. Ao passo que o iPhone 6 possui a agora tradicional tela de 4, 7 polegadas, a versão Plus possui a missão de concorrer com os chamados phablets e tem 5, 5 polegadas.
Além de tudo, a resolução de ambos os equipamentos inclusive é divergente entre si: ao passo que a versão tradicional apresenta resolução de 1. 334 x 750 pixels, a edição Plus tem resolução de 1. 920 x 1. 080 pixels. As diferenças, contudo, não param por aí e integram detalhes como o tipo de estabilização de imagem existente na câmera de cada gadget: digital no 6 e óptica no seis Plus.
A duração da bateria da edição Plus ainda é maior, cessando aí as divergências entre ambos. Tecnicamente, eles exibem os mesmos recursos, como processador ARMv8-A Cyclone dual-core de 1, 4 GHz, 1 GB de memória RAM e iOS 8. 0. Fisicamente, a 8ª geração traz novas particularidades nas extremidades, recebendo feições arredondadas.
O Apple iPhone 6 Plus é um celular iOS de excelente nível, ótimo para fotografias, que é capaz de satisfazer até o mais exigente dos utilizadores. Possui uma grande tela Touchscreen de 5. 5 polegadas com uma ótima resolução de 1920×1080 pixels. Não falta nada nesse dispositivo. Começando pelo LTE 4G que permite a transferência de dados e excelente navegação na internet, além de conectividade Wireless e GPS. Tem ainda leitor multimídia, videoconferência e bluetooth. Salientamos a excelente memória interna de 128 GB, porém sem a chance de expansão.
Maravilhosa a câmera de oito megapixels que possibilita ao Smartphone tirar fotos com uma resolução de 3264×2448 pixels e gravar vídeos em alta definição (Full HD) com uma resolução de 1920×1080 pixels. Extremamente fino, 7. 1 milímetros, o que torna o Apple iPhone 6 Plus verdadeiramente interessante.

Modelo 6s

O iPhone 6s possui como destaque a implementação do recurso 3D Touch, funcionalidade que calcula a intensidade da pressão exercida pelo dedo na tela e permite diversas utilidades específicas como o uso de diversos atalhos. O novo aparelho da Apple também instaurou uma nova coloração à família, o Rose Gold (Rosa Dourado), e também conta com o novo chip Apple A9 com coprocessador M9 integrado, câmera otimizada de 12 MP e suporte à gravação de vídeos em 4K.
Lançados com 1 ano de diferença (o 6 no ano de 2014 e o 6S no ano de 2015), são equipamentos praticamente idênticos visualmente (pequenos detalhes de diferença), mas diferenças robustas em funcionamento e melhorias de desempenho e atribuições.
O iPhone 6S introduziu no mercado o denominado Force Touch que reconhece diferentes modelos de toques (pressão) na tela do dispositivo e assim ativar tarefas distintas, inexistente no modelo 6.
O iPhone 6 vem com o processador A8 com 1GB de memória RAM à medida que o 6S tem o A9 com 2GB de memória RAM. Conforme a Apple, o iPhone 6S é 2 vezes mais rápido que seu antecessor.
Uma das grandes melhorias vieram nas câmeras. O seis tem câmera frontal de 2MP e câmera traseira de 8MP, já o 6S possui câmera frontal de 5MP e câmera traseira de doze megapixels, um avanço muito grande na qualidade.
Ambos têm tela de 4, 7 com 1. 334 x 750 pixels de resolução e são capazes de ser achados com 16GB, 64GB e 128GB, nas cores cinza espacial, prateado e dourado, com exceção do iPhone 6S que ainda tem a coloração Rosa Dourado.
Operam com chip Nano Chip, com conectividade 4G e tem entrada de cabos de dados do tipo lightning. Atualizam para iOS 10 dando acesso a milhões de apps disponíveis na App Store e no iTunes.

6S Plus

O iPhone 6S Plus é o top de linha da Apple com Tela Retina HIGH DEFINITION de 5, 5 polegadas anunciado no mês de setembro do ano de 2015. O celular foi anunciado junto com o iPhone 6S e é comercializado nas cores prateado, dourado, ouro rosa e cinza espacial. Entre as novidades, acha-se a tecnologia 3D Touch, capaz de identificar os níveis de força aplicados pelo usuário no display.

O leitor biométrico Touch ID chegou à segunda geração capaz de sentir os dedos do dono e desbloquear o smartphone com mais rapidez. A câmera principal grava vídeos em 4K e possui doze megapixels, um incremento em relação aos oito megapixels existentes na câmera do iPhone 6 Plus. Já a câmera frontal tem cinco megapixels, consoante a ficha técnica fornecida pela fabricante.

iPhone 5

iphone-5, O iPhone 5 expôs novos detalhes físicos que o distinguiam de seus antecessores imediatos, como tela maior (de quatro polegadas ), novo posicionamento da câmera frontal e, também, bordas que acompanhavam a coloração principal do dispositivo.
Com processador dual-core de 1, 3 GHz, ele exibia 3 modelos diferentes, com as mesmas capacidades do seu antecessor. Os modelos de 16 GB, 32 GB e 64 GB eram vendidos por US$ 199, US$ 299 e US$ 399, respectivamente (com contrato). Pela primeira vez, a câmera frontal podia perseguir vídeos em HD (720p) e fotos de até 1, 2 megapixels.
A câmera de trás conservava primordialmente as mesmas características do iPhone 4, com sensor de 8 megapixels e capacidade de registro de vídeos em Full HD a 1080p. Nos seus três primeiros dias de lançamento, o iPhone 5 vendeu mais de 5 milhões de unidades. O gadget foi descontinuado em setembro do ano de 2013.

Versão 5s

O iPhone 5s foi o primeiro smartphone da Apple que estabeleceu o leitor de digitais Touch ID. Ele conservou praticamente a mesma carcaça com 4 polegadas de tela do iPhone 5, otimizando o processador que passou a trabalhar em 64 bit com o chip Apple A7 Cyclone.
O modelo 5s é semelhante fisicamente ao seu antecessor, mas marca a estreia de um novo botão Home e revela edições com novas cores e novos detalhes nas pontas.

O intermediário 5c

Lançado junto com o iPhone 5s, o 5c é a primeira entrada da Apple no comércio intermediário de celulares. Primordialmente, o aparelho era uma atualização do iPhone 5. Além do mais, ele exibia um novo parâmetro de colorações, com 5 alternativas diferentes: branco, verde, azul, rosa e amarelo.
O iPhone 5c tinha modelos de 8, 16 e 32 GB para armazenagem e vinha com 1 GB de memória RAM. Sua tela era da mesma proporção do display do 5s, 4 polegadas, e, também, com a mesma resolução, 640 x 1. 136 pixels. O processador que dá vida ao gadget era um Apple Cyclone dual-core de 1, 3 GHz de 64-bits.
O Apple iPhone 5c é um celular iOS de excelente nível, ótimo para fotografias, que consegue satisfazer até o mais exigente dos clientes. A tela Touchscreen de 4 polegadas e a resolução de 1136×640 pixels é inferior aos concorrentes diretos, mas esse não é o seu ponto forte.
Com relação às características deste Apple iPhone 5c, realmente, não falta nada. Principiando pelo LTE 4G que possibilita a transferência de dados e formidável navegação na web, além de conectividade Wi-fi e GPS. Possui ainda leitor multimídia, videoconferência, bluetooth, contudo não conta com memória expansível. Ótima a câmera de oito megapixels que permite ao Apple iPhone 5C tirar fotografias com uma resolução de 3264×2448 pixels e gravar vídeos em hd (Full HD) com uma resolução de 1920×1080 pixels. Muito fino, 9 milímetros, o que torna o Apple iPhone 5C verdadeiramente interessante.

iPhone 4

iphone-4, Revelado em 7 de junho de 2010, o iPhone quatro marcou época por apresentar a primeira grande renovação visual do gadget. Passava a apresentar pontas e traseira retas no lugar de laterais curvas e traseira abaulada, como tinha sido até então.
Vindo de indústria com o iOS 4. 0, o aparelho instaurava inclusive a presença de uma câmera frontal e do FaceTime no iPhone. Com tela de 3, 5 polegadas, pela primeira vez o smartphone da Apple apresentava uma resolução maior: 960 x 640 pixels. Ainda por cima, a densidade de pixels da chamada Retina Display também, era maior, 326 ppi.
O lançamento ofertava duas edições: uma de 16 GB e outra de 32 GB. Sem contrato com a operadora, elas eram vendidas por US$ 599 e US$ 699, respectivamente. O iPhone 4 embarcava 512 MB de memória RAM e um processador ARM Cortex-A8, tendo sido parado no mês de setembro de 2013.

A novidade do 4s

Lançado em 14 de outubro do ano de 2011 em 7 países, o iPhone 4S é a quinta geração do smartphone da Apple. Ele vinha munido com a 5ª versão do iOS e com um processador ARM Cortex-A9 dual-core de 1 GHz, além de 512 MB de memória RAM. A tela mantinha as mesmas características do seu antecessor.
Ao passo que a câmera frontal era equivalente ao do modelo precedente, a câmera traseira ganhava um aumento de capacidade e podia capturar fotografias de até oito megapixels. Além disso, vinha com um sensor capaz de registrar vídeos em Full ALTA DEFINIÇÃO (1080p).
O iPhone vinha em 3 modelos distintos, de 16 GB, 32 GB e, pela primeira vez, 64 GB de capacidade interna para armazenamento. Seus preços originais eram US$ 199, US$ 299 e US$ 399, respectivamente. Fisicamente, ele exibia quase nenhuma alteração em relação ao iPhone 4 e conservava os padrões preto ou branco. Foi descontinuado no mês de setembro de 2014.

10 coisas que você não tinha noção de que seu iPhone é capaz de realizar

 

 

    1. Fazer um código de acesso com letras, em vez de somente números

 

Clique em Configurações; Geral; Código de Acesso
Desligue a configuração denominada “Código de acesso simples”
Uma tela vai surgir pedindo a fim de que você mude o seu código de acesso, com um teclado QWERTY completo.
Na próxima vez que você desbloquear seu Smartphone, o teclado vai surgir, em vez de apenas o teclado numérico.

 

    1. O Siri é capaz de ler os seus e-mails em voz alta ( unicamente para mensagens no idioma inglês )

 

Diga ao Siri “read my email” e ele obedecerá. Você escutará o nome do remetente, a data/hora da mensagem e o assunto da mensagem. Você ainda pode instruir “read my latest email” ou perguntar “Do I have email from [person]?”

 

    1. Ver o momento e a data em que uma mensagem foi enviada

 

Apenas deslize os balões com as iMessages e vai aparecer o indicador com a hora e o dia que a mensagem foi enviada.

 

    1. Ter noção de quais aviões estão por cima de sua cabeça

 

Questione ao Siri “What flights are above me? ” ou só diga “planes overhead” e ele irá mostrar um quadro com todos os aviões e os números dos voos, com suas altitudes e ângulos.

 

    1. Balance o seu dispositivo a fim de apagar um texto

 

Você repensou sobre o que acabou de teclar? Balance o celular e uma caixa de “desfazer a digitação” vai aparecer. Se você mudar de ideia logo após pressionar em desfazer, pode balançar o celular novamente e verá a caixa para “refazer a digitação”.

 

    1. Veja facilmente uma versão mais detalhada do calendário

 

Vire o seu iPhone para o modo horizontal no momento que encontrar-se no aplicativo do calendário, para observar uma versão mais meticulosa dos compromissos.

 

    1. Utilize o seu Smartphone como um nivelador

 

Deslize o aplicativo da bússola para a esquerda e você terá acesso a um nivelador.

 

    1. Tire um grupo de fotos de uma vez

 

Segurar o botão de disparador da câmera, mecanicamente você ativa a função que bate muitas fotos de uma só vez.

 

    1. Inclua oscilações personalizadas

 

No app de contatos, você pode ativar diversos tipos de vibração para diferentes contatos. Isso é ótimo para quem mantém o celular no bolso, então você será capaz de distinguir – sem utilizar as mãos – entre uma mensagem de texto ou um email do seu coordenador.

 

    1. Ponha o aparelho no modo avião e ele carregará 2 vezes mais ligeiro

 

Esta é a alternativa para quem precisa encher a bateria do celular rapidamente num bar

Como encontrar seu iPhone, mesmo desligado

O aplicativo Last Alert Pro chegou atualmente ao iTunes com uma funcionalidade bastante útil: achar seu dispositivo mesmo quando ele não tiver bateria. Caso você perca o aparelho a cada dez minutos e jamais sabe como encontrá-lo, esse APP pode ser uma ótima alternativa para você.
O Last Alert Pro custa US$ 1, 99 e tem três atribuições muito interessantes: a primeira é a de notificações por som. À medida que o coeficiente de bateria do iPhone cai, o APP alerta com avisos sonoros para que você não esqueça de carregá-lo.
A outra funcionalidade é o alarme por email, no qual o aplicativo envia frequentemente as coordenadas do GPS do seu iPhone mostrando em qual lugar o smartphone “foi visto” pela última vez.
A última (e talvez mais impressionante) é o rastreamento por bússola. Se você possui um iPad e “perdeu” o seu iPhone, é possível utilizar o seu tablet a fim de identificar as coordenadas de GPS e, de maneira automática, colocá-las na bússola do tablet. Além do local, esse recurso permite que você descubra o caminho a ser trilhado até achar o aparelho. O único problema é que esse recurso somente funciona para quem tem dois equipamentos com iOS.

Saiba como ajustar o software no seu smartphone:

 

 

    • Passo 1. Acesse o link do app no iTunes e faça o download para o seu smartphone ou iPod Touch. O download não costuma demorar bastante, visto que ele tem somente 8, 5 MB. Assegure-se, obviamente, de ter U$ 1, 99 de crédito em sua conta;

 

    • Passo 2. O aplicativo, agora, tem a necessidade de ser inicializado manualmente. Clique no símbolo do Last Alert para o software começar a rodar. Na tela inicial, você vai ver o símbolo do app e 3 opções num menu na parte de baixo;

 

    • Passo 3. Aperte em “My Settings” a fim de ajustar o app. O usuário pode optar entre “Set Alert” 1, 2 e 3, para ser avisado na ocasião em que a bateria estiver baixa e eleger os sons para discernir esses alertas;

 

    • Passo 4. Logo abaixo, em “Email GPS Location”, ainda há três opções. Você não necessita usar todas. Essa função insere os endereços de correio eletrônico para os quais deseja que a localização de seu celular seja enviada no momento em que a bateria estiver acabando;

 

    • Passo cinco. Após digitar todos estes detalhes, vá até “Track Device” e pressione em “Test Tracking” a fim de experimentar o rastreamento de seu aparelho. Caso tudo dê certo, você será redirecionado para uma nova janela com a última localização do seu telefone;

 

    • Passo 6. Nesta tela de rastreio há seis informações com relação a seu celular: longitude, latitude e altitude de sua localização; data e hora em que ele foi visto pela última vez; e o nível de bateria. Logo abaixo você tem 2 opções: “Find on Map”, para utilizar o serviço de mapas do seu dispositivo móvel; e, também, o “Track it”, para saber o trajeto até chegar ao iPhone.

 

Uma vez testado e configurado, seu aplicativo já vai estar pronto para as emergências. Seja em situações de desatenção, esquecimento ou mesmo para roubos e furtos, com este app você descobrirá exatamente onde achá-lo.

Como fazer downloads de vídeos do YouTube no iPhone e iPad, utilizando o Workflow

É comum muitas pessoas perguntarem se há algum aplicativo na APP Store capaz de baixar vídeos do YouTube diretamente pelo iPhone ou iPad. Melhor do que um app, há uma receita Workflow que permite fazer download de qualquer vídeo diretamente pelo Safari ou pelo APP oficial.
Aprenda como fazer:
O Workflow é uma poderosa ferramenta que permite a criação de tarefas automáticas no iOS. Ele foi recentemente obtido pela Apple e é bem possível que seja introduzido no sistema num futuro próximo.
Com ele você consegue automatizar inúmeras coisas, como redimensionar uma imagem, gerar um GIF satisfeito e muito mais. E pode, também, automatizar comandos que possibilitem baixar vídeos do YouTube.
Antes de qualquer coisa, você precisa baixar o software Workflow nos seus dispositivos.
Com o APP instalado, você necessita, então, baixar o fluxo de trabalho para realizar as funções que baixam vídeos.
Para fazer o download de todo tipo de vídeo no YouTube, siga esses outros passos:

 

    • Passo 1: Abra o vídeo almejado no Safari ou então no app próprio do YouTube.

 

    • Passo 2: Toque no botão de compartilhamento e selecione Run Workflow.

 

Note que, caso você esteja no software do Youtube (não no Safari) terá que pressionar em um botão a mais para possuir acesso ao Run Workflow.
A partir daí o script é automático, efetuando todo o processo e salvando diretamente o vídeo na sua fototeca.
Tudo é excessivamente veloz e fácil, de uma forma que você se perguntará por que isto não é uma tarefa nativa do sistema.
Essa é uma das maravilhas que podem ser realizadas com o Workflow.

Dicas para não ter o seu celular hackeado

Dicas para não ter o seu celular hackeado

Os recursos de comunicação estão cada dia mais desenvolvidos. Hoje, nos comunicamos por meio de vários apps que nos proporcionam esse contato mais próximo, seja com nossa família, colegas ou no ambiente de serviço. Contudo, se faz preciso precavermos sobre os smartphones. Você tinha noção […]

Realidade Virtual – a nova ferramenta do momento!

Realidade Virtual – a nova ferramenta do momento!

Pare de ser coadjuvante ou mero espectador. E no caso de agora em diante nós formos capazes de literalmente “introduzir-se” na cena de um filme?! Após ser usado nas áreas da publicidade, medicina e, especialmente, nos jogos eletrônicos, a sétima arte é a mais contemporânea […]

Saiba tudo acerca do Fone de Ouvido Tradutor!

Saiba tudo acerca do Fone de Ouvido Tradutor!

O fone de ouvido tradutor é muito utilizável para passeios, compreender novos idiomas e até mesmo fazer amizade com pessoas do exterior. Esta tecnologia que apareceu atualmente tem conquistado cada vez mais investimentos uma vez que assegura acabar de vez com as barreiras da língua e conectar muito mais o mundo. Independentemente desses aparelhos terem um objetivo em comum, cada exemplar tem qualidades únicas. Verifique algumas delas em seguida:

Pixel Bud: o fone de ouvido tradutor da Google

fone-de-ouvido-google Chega das complicações idiomáticas! Quem nunca ficou inseguro na hora de praticar o inglês ou qualquer outra língua numa viagem ou uma simples comunicação com estrangeiros? Esta dificuldade, que sempre pôde ser vencida com ânimo com o objetivo de se fazer compreender e para entender o outro, nesta ocasião também é capaz de ser superada com a ajuda de um recente lançamento do Google: um fone de ouvido tradutor chamado”Pixel Bud”, que traduz quarenta línguas instantaneamente pela Web, por consequência é necessária uma conexão estável para usar essa função. O fone trabalha com uma bateria que dura cerca de cinco horas.

Eles operam em coletividade com os novos modelos de telefones celulares anunciados pela Google, o Pixel 2 e Pixel 2 XL ou outros aparelhos que têm as versões mais atuais do Android.

“É como se você tivesse seu próprio tradutor individual em todos os lugares que você for. Suponhamos que você acha-se em Little Italy (EUA), e você quer pedir seu macarrão como um especialista. Tudo o que você necessita fazer é pressionar o botão direito e dizer: “Ajude-me a falar italiano”, diz a Google no website oficial.

O acessório – o qual é capaz de ser carregado numa case que adéqua-se em todo tipo de bolso – assegura além de vinte e quatro horas de reprodução uma ótima qualidade de som com graves acentuados e pareamento simplificado.

O Pixel Bud esteve em pré-venda nos Estados Unidos da América com um preço de $159 dólares estadunienses, o equivalente por volta de quinhentos reais. Em novembro o aparelho deve chegar ao Canadá, Grã-bretanha, Alemanha, Austrália e Cingapura.

Com o Pixel Buds, o Google instaura no comércio um item para competir com o parecido Airpods, da Apple. O diferencial dos fones do Google, entretanto, é a conexão com o aplicativo de tradução, algo que inclusive não acontece no fone de ouvido tradutor da adversária. Em contrapartida, a tarefa de tradução não é exclusiva do seu produto. A empresa alemã Bragi, fundada em 2013, lançou uma variante mais poderosa do seu fone de ouvido tradutor, chamado Dash Pro, esse atribuído com a atribuição de tradução simultânea através do aplicativo iTranslate, presente no iPhone.

One2One

Caso você ache que as soluções da Google para tradução entre múltiplos idiomas já são impressionantes, se prepare para conhecer uma verdadeira bruxaria tecnológica na forma de gadget infestar esse setor. Intitulado como Translate One2One, o dispositivo desenvolvido por uma pequena startup da Austrália é um fone de ouvido que traduz de forma automática – e praticamente instantaneamente – frases e falas escutadas por você em até 8 idiomas diferentes.

À medida que a Gigante das Buscas dá uma ajuda com línguas estrangeiras mediante portais, apps e até câmeras que traduzem textos de maneira assustadoramente acelerada, a Lingmo submeteu-se aos benefícios do Watson a fim de levar as mensagens até os seus ouvidos. Utilizando a API de reconhecimento natural de linguagem da plataforma cognitiva da IBM, a companhia produziu um equipamento relativamente pequeno e que tem capacidade de fazer seu trabalho em torno de três a cinco segundos. O melhor? Tudo sem depender de Wireless, Bluetooth ou ainda do seu celular.

Nos dias atuais, o objeto – que é capaz de ser trajado como um fone esportivo convencional – entende inglês, japonês, francês, italiano, espanhol, alemão, chinês e, obviamente, o nosso português do Brasil. Tudo bastante bacana, entretanto até agora aparenta alguma coisa vindo de filmes e livros de ficção científica, certo? Nada disto! Afinal de contas, não estamos falando de um modelo único ou de um projeto agendado para o ano de 2020, porém sim de um item que começa a ser vendido muito em breve.

Se tudo der certo, a ideia é que o Translate One2One seja liberado a partir do mês de ulho, por meio do website da Lingmo, por um valor critério de US$ 179 – por volta de R$ 592 em conversão direta e sem levar em conta impostos e encargo de frete. Vale observar que a startup não é a exclusiva a trabalhar num dispositivo como este, já que, mais no começo do ano, durante a MWC 2017, a Waverly Labs mostrou um item similar a este. O Pilot, contudo, não possui perspectiva de lançamento nem o atendimento ao mesmo número de idiomas do gadget australiano.

WT2

fone-de-ouvido-wt2, O WT2 é um tradutor móvel em tempo real o qual contém dois headphones, 1 software e uma capa de cobrança personalizada. Os headphones oferecem diálogo de linguagem estrangeira a longo prazo, mãos livres, permitindo que você mergulhe na cultura do lugar no mesmo momento em que viaja, se expressa mais integralmente e estabelece conexões mais significativas com todo mundo que conhece.
Nosso WT2 é o primeiro e único sistema de tradução “1 + 2” do mundo. Isso indica que, ao oposto de outras soluções, nossa tecnologia patenteada permite uma comunicação de voz multiplexada entre ambos conversores de fone de ouvido tradutor WT2 e um singular telefone com a aplicação WT2, propiciando uma experiência de comunicação confortável para o usuário.

Esse sistema integra tecnologia de comunicação sem fio, algoritmos inteligentes, tradução de voz e muitas outras tecnologias em um singular pacote. Ao usar “1 +2”, é possível conversar de forma fácil com qualquer pessoa, independentemente do idioma falado, e sem fases de configuração estranhas.

“1 + 2” é a solução para romper as barreiras do idioma ao redor do planeta, proporcionando que você converse de maneira fácil com pessoas novas sem ter a necessidade de se preocupar em pedir que baixem um aplicativo em seu próprio telefone antes – apenas coloque um fone de ouvido tradutor e passe a ter uma conversa real! Com o WT2, o contato visual total e a linguagem natural do corpo são mantidos, possibilitando que você não apenas interaja com outras pessoas em diversos idiomas, mas também as entenda.

Ótimo para fãs da viagem, refugiados, estudantes de famílias, famílias interculturais, lojas internacionais, hotéis e todos que se enquadram. O WT2 consegue ajudar a tornar sua experiência de viagem ainda mais agradável e aperfeiçoar sua eficácia de diálogo com compradores estrangeiros ou parceiros.

Você já conhece a moeda Bitcoin?

Você já conhece a moeda Bitcoin?

Bitcoin é uma tecnologia digital que possibilita reproduzir em pagamentos eletrônicos a capacidade dos pagamentos com cédulas. Pagamentos com bitcoins são velozes, nada caros e sem negociadores. Acima de tudo, eles podem ser efetuados para qualquer indivíduo, que ache-se em qualquer lugar do planeta, sem […]


My Diary

Post ID:

Bitcoin é uma tecnologia digital que possibilita reproduzir em pagamentos eletrônicos a capacidade dos pagamentos com cédulas. Pagamentos com bitcoins são velozes, nada caros e sem negociadores. Acima de tudo, eles podem ser efetuados para qualquer indivíduo, que ache-se em qualquer lugar do planeta, sem limite mínimo ou máximo de valor. Essa moeda virtual propõe um novo modelo econômico sem administrações ou empresas financeiras. Todas as transações são praticadas de cliente para cliente.

– De que modo opera?

bitcoin A moeda possui um trabalho multifacetado com base em um conjunto de regras, nas quais os utilizadores são “responsáveis” pela regulação do dinheiro eletrônico. Uma transação é uma transmissão de valores entre carteiras Bitcoin que é inserida na block chain (ferramenta que objetiva a descentralização como norma de proteção). Carteiras Bitcoin preservam uma informação escondida chamada chave privada ou semente, a qual é usada para assinar transações, concedendo uma confirmação matemática alegando que elas procederam do dono da carteira. A assinatura ainda salvaguarda que a transação seja modificada por qualquer um após emitida. Todas as transferências são reveladas entre os clientes e costumeiramente começam a ser assentidas pela Web nos próximos dez minutos, mediante um procedimento denominado mineração.

– De que modo ganhar bitcoins?

– Usar sites ou jogar on-line

O bitcoin é partido em algumas frações. Uma delas é o Satoshi: um bitcoin é equivalente a cem milhões de Satoshis. A grande parcela dos sites e serviços que fornecem Bitcoins gratuitamente de fato, fornecem o Satoshi. Conheça formas de se obter a moeda somente empregando sites ou jogando games pela internet.
Freebitco. in: é uma espécie de loteria virtual. Ela te concede a cada hora um mínimo de 340 Satoshis, porém pode chegar somente até quarenta e sete milhões de Satoshis distribuídos de graça. Você também tem a possibilidade de aumentar seus Bitcoins como num jogo de Poker ou obtendo bilhetes que serão sorteados.
777Bitco. in: também uma loteria que pode chegar a 11 milhões de Satoshis (na versão de graça).
Boxbit: Você tem duas chances para adivinhar entre dez caixas, em que lugar está o maior prêmio com valor em bitcoins, que variam entre 18 a 181.818 Satoshis.
Paidbooks: Paga cento e cinquenta Satoshis a cada dez minutos para ficar lendo livros.
Bitvisitor: A cada 5 minutos, fornece um mínimo de duzentos e quarenta Satoshis se o usuário navegar em 3 websites.

– Comprar e vender

Para adquirir Bitcoins é bastante fácil. Você faz o login em sua conta em sites como o do Mercado Bitcoin, comunica o valor em reais ou a quantia de Bitcoins desejada para adquirir e pressiona o botão “Comprar”. Para vender Bitcoin, é preciso ir até a tela inicial do website e clicar em “Vender”. Tecle a quantidade de Bitcoins que quer vender, e pronto, é somente concluir a venda.

– Minerar

Constitui-se em dar PC’s para manter a rede que administra a moeda ativa e ser recompensado com Bitcoins. O processo de mineração consiste em decodificar símbolos com valores criptografados emitidos pelo software. Essas emissões são sucessões de bits produzidas pelo algoritmo do programa, sendo conhecidos como “hashs”. Abrangem equações matemáticas intensamente complexas. Quem conseguir decodificar o código primeiro adquire uma determinada parcela de Bitcoin. O “ganhador” e os seus novos bitcoins são informados pelo seu nó aos outros a fim de que todos validem e saibam que estes bitcons pertencem a este minerador. Todas as transferências ficam arquivadas em uma grande base de dados, que age na forma de um livro de certificados, denominado Blockchain, em que cada transferência é arquivada de maneira cronológica e sequencial. Desta forma, a confirmação de cada transferência decorre de uma concordância de todos os nós, o que suspende e previne golpes.

– Como investir em bitcoin?

bitcoin-como-ganhar, A forma mais simples de investir no Bitcoin é comprando e vendendo após a valoração do Bitcoin.
1- O primeiro passo é gerar uma carteira de Bitcoin online. Como a nomenclatura já indica, a sua carteira é uma conta virtual que facilita todos os tipos de transação, como comprar, armazenar e vender BTC. Pense nela como a sua conta de banco. No entanto, ao contrário de toda a papelada necessária para abrir uma conta num banco físico, abrir uma carteira de BTC não leva um minuto e o procedimento é capaz de ser realizado todo online.
Os sites Coinbase.com, Coinmkt.com e Blockchain.info são carteiras com ótima fama, seguras e fáceis de serem usadas.
2-Depois de abrir sua carteira de Bitcoin, conecte a sua conta de banco à sua carteira. Após abrir a sua carteira tecnológica, está na hora de comprar os seus primeiros BTC. Normalmente, com o objetivo de fazer isso, você vai precisar dar os dados de uma conta de banco real, bem como se estivesse efetuando um depósito na sua conta de Paypal ou de algum serviço de pagamento virtual.
3- Compre BTC com dinheiro de sua conta. Na página da sua carteira virtual, há um botão chamado “Buy Bitcoin”, dê um clique nele e acompanhar os passos para transferir dinheiro de sua conta para a sua carteira de Bitcoin
4- Compre na baixa, venda na alta. Basicamente, a estratégia com o intuito de se dar bem usando BTC não é bastante diferente do que as do mercado financeiro. Porém, comprar na ocasião em que a moeda encontra-se desvalorizada e vender no momento em que está em alta é uma estratégia perigosa. Lamentavelmente, pelo fato do mercado ser tão variável, é exageradamente complicado predizer as oscilações do preço do BTC e todo investimento na moeda conta com um risco associado, fatalmente elevado.
É imprescindível estar informado no que se refere às direções do mercado. Segundo foi informado acima, é difícil prever as modificações desta moeda. Entretanto, a melhor alternativa para lucrar com estas operações é seguir de perto o mercado. Como ele é capaz de variar apressadamente, algumas ótimas chances de lucro, como os disparos repentinos, são capazes de despontar e sumir em poucos dias. Por conseguinte, esteja sempre atento às alternâncias para encontrar excelentes chances de investimento.

Cotaçao Bitcoin

O Bitcoin tem valor flutuante, sendo estipulado pelas ações dos próprios compradores e vendedores. Quer dizer, não existe interferência de uma agência financeira distintiva ou governo de um país. Em função disso é uma moeda altamente inconstante, que pode oscilar ou desabar de uma hora para outra.
Para se ter uma ideia da oscilação da moeda, em outubro de 2013, o preço do BTC variava entre $ 120 e $ 125 dólares. Dentro de um mês e meio, o preço elevou para aproximadamente $ 1000 dólares. Um ano depois, ele já havia sofrido uma desvalorização de quase sessenta e cinco por cento. Dito isso, é bem difícil de prever em que momento será o próximo pico (se ele ocorrer).
Sabendo da frequente oscilação do preço da moeda tecnológica, alguns sites como o http://dolarhoje.com/bitcoin-hoje/ e https://foxbit.com.br/grafico-bitcoin mostram o preço da moeda atualizado.